Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

A Bênção de abênçoar


ABENÇOAR É UMA BÊNÇÃO!
Mensagem pregada pelo Pr. Noidy Barbosa de Souza, na SHALOM, em 01/02/04
A Bíblia é a PALAVRA DE DEUS. Sempre que a lemos, ela tem algo que nos chama a atenção, que fala ao nosso coração. Esta semana, em oração, buscando o que Deus tinha para nós, li vários textos maravilhosos, mas interessante, o que me chamou a atenção, foi um verso que a primeira vista, passamos batido. Foi na carta que o apóstolo Paulo escreveu aos Romanos. Paulo estava na cidade de Corinto, já havia algum tempo e pretendia visitar a Igreja de Roma, mas até então, não tinha dado certo. Agora, ele estava encerrando a sua terceira viagem Missionária e ia para a Espanha e aproveitaria para visitar aos irmãos Romanos. Ele passaria por Jerusalém para deixar a oferta e então escreve esta carta, como que preparando-os para a visita e lá no capítulo 15, um verso, que normalmente não damos muita atenção, nesta semana, me falou profundamente.
Rom. 15:29 - “E bem sei que, ao visitar-vos, irei na plenitude da bênção de Cristo” RC)
“E sei que, quando for visitá-los, levarei comigo muitas bênçãos de Cristo. (LH)
Por quê?
- Porque é isso que eu quero ser na vida das pessoas, quando estiver com cada um de vocês, eu quero ser bênção.
- Eu oro todos os dias, nesse sentido.
- Eu, você, a Igreja, nascemos para ser bênção na vida das pessoas.
Quando Deus chamou Abrão (Gen. 12), para sair da terra onde estava, do meio dos seus amigos, do meio dos seus parentes, da sua comodidade, para um lugar que Abrão nem sabia onde era, Deus disse a ele:
“SÊ TU UMA BÊNÇÃO”.
E ainda hoje, nós somos abençoados pela vida e obediência de Abraão.
Esse texto me chamou a atenção, porque na maioria das vezes, queremos ser abençoados por Deus, pelas pessoas. Gostamos de receber.
- A nossa oração deve incluir momentos de: CONFISSÃO DE PECADOS, LOUVOR A DEUS, GRATIDÃO PELAS BÊNÇÃOS RECEBIDAS, PEDIDOS.
Quanto tempo você dedica à Confissão de pecado? (pouquíssimo, afinal, "não temos tanto pecado assim"); Quanto tempo você consegue ficar na presença do Senhor, louvando, glorificando, lembrando da Sua santidade, do Seu Amor, do Seu Poder, .... ; Quanto tempo você dedica, agradecendo-O pelo que Ele tem feito por você???? (Se é que tem feito alguma coisa...). E PEDINDO – em favor de quem????? ME DÁ, ME DÁ, ME DÁ.....
Como podemos ser bênção na vida das pessoas?
1. ORANDO POR ELAS.
- O Apóstolo Paulo se colocava de joelhos e orava em favor dos irmãos na fé.
Efésios 3:14/19 - “me ponho de joelhos diante do Pai, de quem toma o nome toda família, tanto no céu como sobre a terra, para que, segundo a riqueza da sua glória, vos conceda que sejais fortalecidos com poder, mediante o seu Espírito no homem interior; e, assim, habite Cristo no vosso coração, pela fé, estando vós arraigados e alicerçados em amor, a fim de poderdes compreender, com todos os santos, qual é a largura, e o comprimento, e a altura, e a profundidade e conhecer o amor de Cristo, que excede todo entendimento, para que sejais tomados de toda a plenitude de Deus”
Como é bom saber que alguém está orando por nós.
Não poderemos ser bênção na vida de ninguém, sem oração.
- Você conhece o irmão “SEIS HORA” ? – (Seis ora por mim...)
- Eu quero abençoar aos irmãos, através da oração, mesmo porque quando oramos pelos outros o maior abençoado somos nós mesmos.
- Lembram-se de Jó? Aquele que ...... Quando ele recebeu a bênção?
“Mudou O Senhor a sorte de Jó, quando ele orava pelos seus amigos” Jó 42:10
- Eu convido você, a abençoar um ao outro, através da oração; eu convido você a abençoar a sua Igreja, através da oração, eu convido você a abençoar a nossa cidade, através da oração, eu convido você a abençoar o nosso País, através da oração. Eu convido você a abençoar ao mundo, através da oração.....
- As vezes, pensamos que somos bênçãos na vida de outro, fazendo criíticas – crítica não muda ninguém ORAÇÃO MUDA. Crítica não abençoa ninguém, A ORAÇÃO ABENÇOA.
2. ENCORAJANDO-AS
“animem e ajudem uns aos outros, como vocês têm feito até agora” I Tes. 5: 11

Tão simples, não custa nada, mas tem muito valor. Principalmente, nos nossos dias, quando tudo é articulado para os jogar para baixo.
- Conversamos com uma pessoa enferma: Ah... não quero te assustar não, mas ....
- Conversamos com um desempregado: É realmente, a situação esta complicada..... Vi hoje no jornal, que aumenta cada vez mais o índice de desemprego na nossa cidade.... Você vai prestar aquele concurso? É eu ia também, mas você viu a concorrência????
- Quantos anos você tem???? Não se casou ainda? Não te nem namorada/o?
Existe uma lenda sobre um leilão que houve no inferno, onde ferramentas usadas pelo diabo estavam sendo exibidas; contudo, escondida num canto, à parte, havia uma determinada ferramenta onde logo abaixo se lia os seguintes dizeres: “NÃO ESTÁ À VENDA”.
- Porque você não está vendendo aquela ferramenta? Perguntou um comprador ao diabo.
- Algumas são indispensáveis para mim – respondeu ele – e essa é uma delas. Com ela posso penetrar profundamente no coração das pessoas, esmagando suas emoções e imobilizando suas mentes. O nome dessa ferramenta é DESÂNIMO.
ENCORAJAMENTO é o antibiótico mais eficaz no contra-ataque à infecção do desânimo, por isso é essencial no nosso dia-a-dia.
Tem gente querendo desencorajar o seu colega de trabalho, dizendo que ele não acerta uma: VOCÊ FOI CHAMADO PARA SER BÊNÇÃO NA VIDA DE SEU AMIGO, diga-lhe, VOU TE AJUDAR, VOCÊ VAI APRENDER.
Tem gente querendo desencorajar os seus filhos, jogando-os para baixo e dizendo: você faz tudo errado. VOCÊ FOI CHAMADO PARA SER BÊNÇÃO NA VIDA DE SEU FILHO – Encoraje-o ....
Tem gente querendo desencorajar a sua Igreja, fazendo críticas-e-críticas – VOCÊ FOI CHAMADO PARA SER BÊNÇÃO – ORE – Lembre-se das Palavras do Senhor: “Eu te digo ... edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela” Mateus 16:18
O Pr. Jaime Kemp em um de seus livros, conta-nos uma linda experiência sobre MOTIVAÇÃO. ... Ele estava em um local estacionado, quando presenciou uma senhora que chegara com seu filho. Tirou a bicicleta do carro e colocou o garoto de aproximadamente 5 anos, no selim, mas ele quase não conseguia alcançar os pedais. Ela apoiava suas mãos na frente e atrás da bicicleta, acompanhando o garoto que, feliz da vida, “andava” em seu brinquedo. À medida em que ele ia mais rápido, ela corria. Quando soltava a bicicleta o menino caia. Ela o levantava, enxugava suas lagrimas e o ajudava a começar novamente. Eles ficaram ali durante uma hora até que, determinado momento, o garoto saiu pedalando sozinho. Ao perceber que finalmente conseguira equilibrar-se, o menino ficou extremamente feliz.
3. CONTRIBUINDO
No mesmo cap. 15, no v. 26, Paulo diz que antes de chegar a Roma, passaria por Jerusalém, para deixar uma oferta aos irmãos necessitados, que a Igreja da Macedônia estava enviando.
“Pois as igrejas das províncias da Macedônia e da Acaia resolveram dar uma oferta para ajudar as pessoas do povo de Deus em Jerusalém que estão necessitadas” Rom. 15:26
Eles estavam abençoando os irmãos mais necessitados, porque eles (da Macedônia), estavam muito bem?!
II Cor. 8:1/6 - “Os irmãos dali têm sido muito provados pelas aflições por que têm passado. Mas a alegria deles foi tanta, que, embora sendo muito pobres, eles deram ofertas com grande generosidade. Afirmo a vocês que eles fizeram tudo o que podiam e mais ainda. E, com toda a boa vontade, pediram com insistência que os deixássemos participar da ajuda para o povo de Deus da Judéia e eles insistiram nisso. E fizeram muito mais do que esperávamos “
A Bíblia diz que: “É mais feliz quem dá do que quem recebe” Atos 20:35
Ser abençoado quando precisa, é uma benção, mas SÃO DUAS BÊNÇÃOS podemos abençoar as pessoas.
- Todos lutamos com dificuldade. Os irmãos da Macedônia, não deu da sobra, deu “do que não tinha”.
- Podemos ajudar, com gestos.
- Procurando empregos...

- Quero terminar esta mensagem, com o testemunho daquele que foi de maior bênção na vida do Apóstolo Paulo:
“José, a quem os apóstolos deram o sobrenome de Barnabé, que quer dizer filho de exortação, levita, natural de Chipre, como tivesse um campo, vendendo-o, trouxe o preço e o depositou aos pés dos apóstolos” Atos 4:36/37
Filho de paraclis/paraclito - que vem ao lado do consolador
O desejo de Paulo, em ser bênção na vida das pessoas, começa no cap. 9 de Atos, pois é ali que se dá a sua conversão. Antes, não tinha nada de bênção, alias, ele estava naquela estrada para Damasco, justamente, para perseguir e prender os cristãos. Porém, ali, ele teve a sua experiência pessoal de conversão.
No v.22, Paulo já aparece pregando e como crente novo, com muita veemência, que “...confundia os judeus que moravam em Damasco ...” e “os judeus deliberaram entre si tirar-lhe a vida” “mas os discípulos tomaram-no de noite e, colocando-o num cesto, desceram-no pela muralha”
No v. 26, “Tendo chegado a Jerusalém, procurou juntar-se com os discípulos; todos, porém, o temiam, não acreditando que ele fosse discípulo. (27) Mas Barnabé, tomando-o consigo, levou-o aos apóstolos;
Barnabé acolhe-o e apresenta-o aos discípulos: “contou-lhes como ele vira o Senhor no caminho, e que este lhe falara, e como em Damasco pregara ousadamente em nome de Jesus. (28) Estava com eles em Jerusalém, entrando e saindo, pregando ousadamente em nome do Senhor. (29) Falava e discutia com os helenistas; mas eles procuravam tirar-lhe a vida. (30) Tendo, porém, isto chegado ao conhecimento dos irmãos, levaram-no até Cesaréia e dali o enviaram para Tarso”
- Muito bem, vamos pular p o capitulo 11 – Quando a Igreja de Antioquia estava crescendo, quem a Igreja de Jerusalém, envia para lá? “enviaram Barnabé até Antioquia” v.22. (‘pau para toda a obra). A Igreja de Antioquia, cresceu com o trabalho de Barnabé e ele precisou de um auxiliar. Quem ele vai buscar? v. 25 “partiu Barnabé para Tarso à procura de Saulo”

P Como Paulo estava? (Administrando a experiência da conversão, a pregação frustrada, de perseguidor para perseguido). Barnabé o adotou e o discipulou por um ano.
No Capítulo 13, inicia a Primeira viagem Missionária. Quem eram os líderes da Igreja de Antioquia? V. 1 “Na igreja de Antioquia havia os seguintes profetas e mestres: Barnabé; Simeão, chamado “o Negro”; Lúcio, de Cirene; Manaém, que havia sido criado junto com o governador Herodes; e Saulo”. Quem foram os escolhidos para a viagem? V. 2 “quando eles estavam adorando o Senhor e jejuando, o Espírito Santo disse: Separem para mim Barnabé e Saulo a fim de fazerem o trabalho para o qual eu os tenho chamado”
P Dê uma olhada no v. 43 – “Depois da reunião, muitos judeus e outras pessoas convertidas ao Judaísmo acompanharam Paulo e Barnabé ...”
14:1 – A mesma coisa aconteceu na cidade de Icônio. “Em Icônio, Paulo e Barnabé...”
15:22 - “... jantamente com Paulo e Barnabé ...”
15:36 – “Alguns dias depois, disse Paulo a Barnabé...”
P No v. 36, do cap. 15, inicia a SEGUNDA VIAGEM MISSIONÁRIA. Barnabé, queria levar João Marcos, Mas Paulo não concordou, porque João Marcos, na viagem anterior, havia abandonado-os..... Paulo já estava maduro, podia seguir discipular outro ( SILAS) e Barnabé, começa tudo novamente, com JOÃO MARCOS, indo para Chipre.
A quem é dirigida a carta aos Romanos?
15:1/2- Ora, nós que somos fortes devemos suportar as debilidades dos fracos e não agradar-nos a nós mesmos. Portanto, cada um de nós agrade(abençoe) ao próximo ...”
CONCLUSÃO: Normalmente, terminamos, orando com aqueles que querem ser abençoados.
Hoje, quero encerrar, orando com aqueles que querem ser abençoadores......

Nenhum comentário