Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

DEUS é tremendo.


Purificação nos aproxima de Deus
Deus purificou a minha vida por completo
Tomei a decisão por entregar minha vida a Jesus aos 16 anos, em uma celebração de Domingo. Não lembro a data, nem o mês. Meu avô materno sempre serviu ao Senhor e para mim o maior exemplo de uma vida de submissão a Deus. Sempre nos deu cobertura em oração. Participava de retiros junto com a mocidade e intercâmbios em Morretes, Tagaçaba, Curitiba. Sempre gostei e gosto muito do louvor, lembro até hoje dos corinhos, cânticos do cantor cristão e sempre até hoje sinto a presença de Deus muito perto quando estou ouvindo louvor em adoração ao Senhor.
Gosto m5uito de cantar. Claro que não segui uma vida de total entrega no caminho do Senhor, pois não era aquilo que eu queria, pois na adolescência é muito difícil de seguirmos o caminho certo se não tivermos o coração aberto para Deus agir em nossas vidas, pois o mundo era e hoje em dia está mais atraente para adolescentes e jovens, para tal decisão. Mas tinha consciência que Jesus era o único caminho para salvação da minha alma na época, mas já conhecia os prazeres que o mundo podia me oferecer e era totalmente atraída por esse caminho; bailes, carnaval; bebida, festas, namorados, uma vida de total rebeldia, achei que esse seria o melhor caminho, satisfazer as minhas próprias vontades, sem escutar conselho e aceitar conselho de ninguém...
E tem um ditado que se conselho fosse bom, ninguém daria, e sim vendia... Tinha muita revolta por ter um pai alcoólatra, que não tinha responsabilidade nenhuma com a família, mas uma pessoa que amei muito, amo até hoje. Ele morreu aos 54 anos em outubro de 1999, com câncer de pulmão por causa do cigarro e da vida desregrada que ele vivia por causa do álcool. Foi uma grande perda, que deixou um buraco enorme no meu coração de saudade... Mas me consolo porque ele aceitou Jesus no leito de morte e sei que vou encontrá-lo na Glória... Inclusive a situação do meu pai fez com que minha mãe se separasse dele quando eu tinha 15 anos, porque ela sofria muito, pois tinha que trabalhar para sustentar eu e aos meus irmãos... Ela conheceu meu padrasto e fiquei mais revoltada ainda. Mas vive com ele legalmente até hoje, e ela é um exemplo de vida, também serve a Deus e seu testemunho de vida é muito bonito, cada dia que passa o Senhor está moldando a vida dela.
Daí ninguém me segurou mais. Sou a filha única, mais velha e tenho mais 3 irmãos homens que me amam muito e na época pouco podiam fazer por mim. Nunca deixei de estudar, Graças à força que minha mãe dava sempre me incentivou e me estimulou. Por minha mãe trabalhar, para mim era um motivo a mais para sair, ter o próprio controle da minha vida, pois ela era Assistente de Enfermagem e trabalhava de dia e de noite, e quando ela folgava tinha de descansar e cuidar da casa. Para mim, foi motivo para minhas saídas, beber, viver na noite, e daí foram um passo para conhecer o caminho que leva as drogas, em especial a maconha, que me fazia viver fora da realidade que eu vivia... Pois na minha época as pessoas que usavam eram as que eu considerava mais “cabeça boa”, fui por curiosidade, ninguém me ofereceu, e é a curiosidade que levam os jovens entrar neste mundo maldito que muitas vezes não tem volta, uma entrada para mentira, um defeito que me acompanhou por muitos anos, infelizmente...O motivo de um drogado não ser confiável é porque mente muito...[barra]
Sofri muito. Menti muito.Chorei muito.Fiz muita gente sofrer, inclusive minha mãe, meu marido, meus filhos. Não me dava conta que era totalmente escrava do diabo. Agia muitas vezes como Maria Madalena, que quando era chamada para seguir Jesus, dizia: Ainda não. Não é a hora.Assim como fazem muitos que pensam em aproveitar a vida, depois seguir Jesus. Tudo isso aconteceu entre 1979 e 1982, até que conheci o pai da minha filha mais velha a Fabiana, e em seguida conheci o Paulo, grande amor da minha vida que é pai dos meus filhos, Vinícius e Rebeca. Neste período, conheci a Filosofia Seicho no Ie, Centro Espírita, várias Igrejas evangélicas, e quando o Vinícius completou 8 meses de idade tive um ataque epilético durante o sono, de madrugada, coisa que deixou o Paulo desesperado porque ele me disse que parecia um espírito querendo se apossar de mim. Sofri muito com isso. Fui dependente de remédio por muitos anos, até que senti que não devia mais usar aquela droga que estava acabando comigo, pois era muito forte, e o meu Médico aconselhou a não parar de usar senão teria seqüelas sérias, como por exemplo, ter vários ataques, até andando na rua, mas os acessos eram só durante o sono. Eram horríveis.
Mas decidi parar de tomar. Na época freqüentava uma Igreja perto da minha casa que fazia campanha e foi durante uma dessas que pela fé joguei as caixas de remédios fora e nunca mais usei. Já faz uns 10 anos mais ou menos, e nunca mais tive nada. Não fiquei com nenhuma seqüela. Graças a Deus. Mas mesmo assim, nada de querer me libertar, querer levar Deus a sério, só queria “ficar” com ele como fazem os jovens do mundo hoje. Sempre amei muito meus filhos e sempre desejei tê-los. Nunca rejeitei nenhuma gestação, mas nunca tive equilíbrio e experiência e consciência para educá-los com autoridade disciplina no caminho certo; sempre dei liberdade para fazerem o que bem entendessem, desde pequenos.Pois nunca levei nada a sério.Mas teriam eles todos novamente, inclusive minha filha mais velha que não mora comigo, não me arrependo de nada.Creio que muitas coisas Deus permite na vida da gente para nossa própria edificação.
Sei que se tivesse equilíbrio suficiente, faria tudo certinho. Plantei. Colhi. Ainda colho os frutos de ter sido uma filha, mãe e esposa irresponsável. Entre 1982 e 2001, vivi uma vida dividida entre a maconha (que vinha em primeiro lugar), as coisas do mundo, os prazeres da carne, e por último a minha família, meu lar. Mas em 2001, em uma vida totalmente perdida, atolada em um lamaçal, com uma família maravilhosa falindo, evaporando, por causa de uma maldição que foi lançada nas mulheres da família da minha mãe, nenhuma delas foram mulheres de um homem só, achava que não devia levar meu casamento adiante devia me separar por que seria para mim a melhor alternativa. Não tenho vergonha de falar isso, pois o espírito de sensualidade que existe em Paranaguá, ainda é motivo de maldição e destruição nas vidas de muitas famílias daqui.
Mas Graças á Deus em nome de Jesus, na minha vida foi quebrada. Fui liberta. Hoje sou uma mulher muito feliz com meu casamento restaurado, e Deus está restaurando tudo na minha vida de mãe e esposa, tenho alegria de cuidar do meu lar e dos meus filhos, até empregada já dispensei isso já vai fazer um ano agora em junho, pois sempre tive uma ajudante, mas não sabia como administrar minha vida direito, quanto mais o meu lar. Hoje sei o que tenho que fazer, pois o Senhor nos dá sabedoria para poder administrar nosso lar até as finanças meu marido me deu para administrar. Isso já é uma vitória. Amo muito minha vida. Decidi entregar minha vida ao Senhor pela dor. Pelo desejo de restaurar meu casamento, minha família, meu lar, que estava desmoronando.Foi assim que vim para Betel, minha casa.
E nesses quase quatro anos estou passando por um processo de mudança, durante esse período tive altos e baixos, vontade de desistir, pois não foi fácil. Tive queda.Passei por disciplina. Mas assim mesmo nada de querer trocar meu coração petrificado por um coração de carne. Nada de querer ser moldada como um vaso nas mãos de um oleiro. Nada de dar total abertura para Deus agir. Até que após o último Peniel, exatamente no dia 16/02/2005, cansei. Dei um basta da vida morna que estava levando no caminho do Senhor. Até que decidi entregar meu corpo, minha alma, minha mente, meu coração, minha vida para o Senhor Jesus. Supliquei que Ele me aceitasse. Entreguei meu coração de pedra e ganhei um coração novo.
Deus me deu uma unção de ousadia que me fez caminhar por dentro e por fora da minha casa orando e expulsando tudo que fosse contrário à vontade D’Ele. Minha líder falou que a partir daquele momento no mundo espiritual abriu uma porta no céu para uma nova semeadura. .Semeadura de Paz, Amor, no caminho de Jesus. Semeadura de restituição... Restauração... Arrependimento. Santidade. Submissão. Restauração. Entrega. Oração. Sede da presença do Senhor. Busca. Quebrantamento de alma. TRANSFORMAÇÃO. Estou semeando, sei que é um processo doloroso, qualquer mudança passa por um processo. Sinto que a cada dia quero mais, sinto que realmente Deus está agindo na minha vida, me lapidando para ser um diamante com muito brilho. Sei que tenho muito que mudar, mas sei que vou conseguir, pois meu alvo é Jesus. Estou com o coração sedento deste amor abundante que Deus tem pela vida daqueles que o buscam em Espírito e em verdade.
E sei que os frutos já estão começando a aparecer. Não tenho mais nenhuma preocupação e vergonha de falar de Jesus para o meu próximo.Para os meus vizinhos. Para a minha família que ainda não está neste caminho, mas vão estar em nome de Jesus. Sei que também vou ter o privilégio de falar: Eu e a minha casa serviremos ao Senhor. Sei que o inimigo não vai desistir, pois ele nunca desiste de nossas almas, pois ele nos cega e nos usa sem que nos demos conta disso, faz com que nossos ouvidos espirituais ensurdeçam e nossos olhos fiquem cegos e nosso entendimento fique em dúvida. Mas sei que não vou voltar atrás. Nunca mais. Não quero isso mais para minha vida. Estou em guerra mais estou em paz. As retaliações vêm mais me sinto forte, porque o Espírito Santo intercede por mim e não dou motivo para os Anjos do Senhor se constranjam com meus gestos e atitudes e se afastem para longe de mim. Dei abertura para o Espírito Santo agir e em breve vou ter todos os frutos. Deus agora é o centro da minha vida. Prioridade.
Não aceito e não vou aceitar nenhuma investida do inimigo na minha vida e nem da minha família. Sei que não é fácil. Mas minhas armaduras estão bem ajustadas. Nunca é tarde para recomeçar. “As coisas velhas já passaram, eis que tudo se fez novo”... apaguei meu passado. Pois aprendi que quando lembramos e vivemos do passado, damos brecha para o diabo agir em nossas vidas. Agradeço primeiramente ao meu Deus, pelo Pastor Jair, pela Irmã Rode, pela minha líder que é uma mãe para mim, Irmã Nilza, pelo amor de meus filhos, do meu marido, e por todas as pessoas que me cobriram com oração, nunca desistiram de mim, pela minha mãe que me ama apesar de tudo. Sei que meu testemunho vai servir de exemplo que estão na mesma situação e acham que não tem mais jeito. Tem sim. Não devemos agir por nós mesmos. Temos que deixar Deus agir.Sei que o Senhor me escolheu e Ele não desiste nunca dos que são D’Ele! Pois conhece meu coração e meus pensamentos. Creio na salvação do meu marido, minhas 2 filhas e meu irmão caçula que ainda não se decidiram pelo Senhor. Mas para Ele não há impossível.
Eu creio. Creia você também. Todos os dias, eu peço ao Senhor pela renovação da minha mente e entrego o meu corpo como sacrifício vivo a Ele. Hoje sei que tenho a beleza verdadeira exteriorizada na minha vida, pois sempre me senti muito feia e suja, mas quando temos Jesus dentro do coração, à beleza exterior se nos reaviva deixa limpa. Louvar-te-ei, não importam as circunstâncias. Adorar-te-ei. Somente a ti Jesus. Os meus sonhos te dou os meus planos... Meu querer deixo em teu altar. Lugar de renuncia. Lugar de se entregar como sacrifício vivo a Ti. Eu quero ser um espelho de ti Senhor... Eu quero ser um reflexo do teu amor... Forma-me... Muda-me faz o que tem de fazer em mim...Um reflexo do céu eu quero ser...Lava-me nas águas do teu perdão.Purifica-me...Limpa minha vida e meu coração...Como outra vez...Como desta vez...Necessito ser lavado por Ti...Toma meu coração...e lava-me...Eu quero ser o reflexo de tua santidade...E permanecer abraçado a tua verdade..Toma-me...Renova-me faz o que tem que fazer em mim....
Esta canção do Marcos Witt é o que trago para minha edificação. Que o Senhor me transforme, molde, mude, purifique minha vida e meu coração... Amém
Testemunho de Denise de Lara

Um comentário