Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

TESTEMUNHO QUE ENCONTREI NA NET


Pedro bebia demais porque se sentia rejeitado por Rosa, sua mulher. Rosa rejeitava Pedro por causa da bebida e dos maus tratos dele quando estava embriagado. Resultado: separação e processo criminal numa cidade do interior.Diante dessa desgraça familiar, Pedro afogou-se ainda mais na droga do álcool. Quinta-feira, 9 de julho, quase 21hs, Pedro voltava do boteco cambaleando. Desde manhã cedo estava mais triste ainda porque roubaram o carrinho de mão, com rodado de bicicleta, no qual ele vendia os vasos de cimento que fabrica em casa para manter os filhos pequenos, depois da separação.Ao passar em frente da casa da irmã Analy, ela pensou em evangelizá-lo. Mas, não tomou a iniciativa e Pedro foi-se embora. Logo que ele sumiu, a irmã ficou sentindo aquela acusação. Por quê não falei de Jesus para aquele homem desesperado? E só viu um caminho: passou o dia todo pedindo a Jesus que trouxesse aquele homem de volta em frente a sua casa, ou, fizesse com que ele aparecesse na igreja naquela noite.Quando o pastor Francisco estava orando para encerrar o culto, o Pr Elias (que ora de olhos abertos!!!) viu aquele homem passando em frente ao templo. Mal podia ficar em pé de tão bêbado. Saiu atrás dele, colocou o braço em volta do pescoço dele e o amparou para que entrasse. Quando a oração acabou, na hora da bênção apostólica, Pedro entregou-se a Cristo.Não faltou mais cultos. Teve a cobertura da igreja em alimentos e com cimento para recomeçar sua vida. Disse ao pastor Elias que iria faltar aos cultos da semana seguinte porque tinha uma audiência criminal sobre a separação da esposa. Isso, domingo (13). A audiência seria dia 15. O pastor lhe disse que ia orar e tudo seria resolvido sem ele precisar viajar (até porque ele não tinha recursos).Segunda-feira (dia 14) o pastor foi visitá-lo de manhã. Pedro não cabia em si de contente. Havia uma senhora sentada à porta da casa. Era Rosa, mulher de Pedro que, ao receber um telefonema dele dizendo que havia entregue a vida pra Jesus e já sentia a transformação de Deus na vida, ela não esperou mais. Acreditou. Viajou para Campo Grande e amanheceu na casa do marido e dos três filhos.Hoje, domingo, 20 de julho, Pedro chegou no templo Luz do Mundo, com três filhos, e de mãos dadas com a mulher. E mais uma irmã dele, dona Livrada e uma netinha dela. Rosa veio à frente, ao lado de dona Livrada, de mãos dadas com Pedro e os filhos, e entregou-se a Cristo, com um pedido: pastor Elias, terça-feira quero um culto na minha casa, e folheto para entregar para todos os meus vizinhos porque eu quero ver todos na Igreja. Tá tudo diferente lá em casa.Disse Jesus: Eu sou a Luz do Mundo... quem me segue não andará em trevas, mas terá a Luz da Vida.

SOU UMA MULHER AMADA, ACEITA, VALORIZADA,UNGIDA, ABENÇOADA, CONTROLADA, SÁBIA E VITORIOSA EM TODAS AS ÁREAS DA MINHA VIDA.

Nenhum comentário