Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Testemunhos


Olá Cris,

Conheci sua história através da Flavia, que trabalha aqui comigo. Qualquer dia te escrevo para contar a minha, que é um pouco parecida com a sua, pelo que a Flavia me conta.

Bem quanto ao testemunho, entrou uma menina na minha célula - (grupo da igreja que se reune uma vez por semana em cada bairro para falar da palavra ministrada no domingo na igreja) - tem uns dois meses, e num dia de comunhão, dei um pequeno testemunho de como Deus tem suprido minhas necessidades desde que me separei, então ela ficou sabendo que eu estava separada.

No dia ela não falou nada, mas na outra semana, dia de célula, ela me chamou e me disse que ela não tinha ido para aquela célula atoa e me contou a história da sua família.

Os pais dela eram cristãos, ela tinha uns doze anos e a irmã dez, quando ela viu que estava acontecendo alguma coisa estranha entre a mãe e o pai. Mas a mãe sempre muito fechada, sofria em silêncio a traição do pai e ela sofria vendo a mãe sofrer sem compartilhar com ninguém.

A mãe soube que ele tinha se envolvido com uma amiga de trabalho, mas continuava frequentando uma igreja evangélica, levando a amante e pedindo a aprovação do pastor daquela igreja, o que não aconteceu, mas mesmo assim eles continuaram a frequentar tal igreja.

A mulher era casada também e o marido dela soube do caso e procurou a mãe dela para pedir que ela nunca se separasse do marido para que eles não ficassem juntos.

Um certo dia a mãe descobriu onde era a igreja e não aguentou, pegou um ônibus foi até lá, esperou o culto acabar, foi ao banheiro, viu a mulher e bateu muito nela. Pegou o carro que estava com o marido, ficou horas na rua chorando muito e pensando o que iria fazer. Quando chegou em casa, o marido já estava. Ela pediu para o marido arrumar as coisas dele e falar para as filhas o porquê estava indo embora.

Minha amiga disse que a mãe já não estava aguentando mais, era muito mal tratada, o marido a chamava de "gorda", "descuidada" e outros adjetivos do gênero, e ela mesmo sendo evangélica não soube segurar a onda.
(ela não conhecia o livro da Erin. rsrsrsrs - brincadeirinha...)

Conclusão, ele foi morar com a OM. No segundo mês fora de casa engravidou a mulher.
Foi muita humilhação para a mãe dela, que sofreu horrores, que no fundo tinha esperança de ter seu casamento restaurado. As filhas dela tiveram que conhecer a mulher e frequentar a casa do pai.

Ela me contou que sempre que viajava com o pai ela e a irmã, eram mal tratadas pela madrasta, ficavam sempre dormindo em qualquer canto, com as malas no carro, enquanto que as outras pessoas tinham um quarto para ficar.
Ea disse que a mulher morria de ciúmes do pai delas com elas e sempre que podia interferia na relação dele com elas.

Os anos foram passando, e o que parecia pior aos olhos humanos aconteceu: a mulher engravidou novamente!

A Mãe dela já havia perdido as esperanças de ter sua família restaurada, tinha arrumado um namorado, pessoa excelente - minha amiga disse - mas eles se separaram, o rapaz disse que amava muito a mãe dela, mas que Deus havia dito para que eles se afastassem pois ela ainda amava o marido e tinha algo a fazer naquela família.

GLÓRIA A DEUS!!!!

Em uma certa viagem de família, uma irmã do pai dela que morava na Bahia e que não aceitava a separação dos pais dela, foi passar uns dias com eles numa cidade de veraneio. O pai dela gostava muito dessa irmã dele. Nesse feriado, aconteceu um bafafá danado entre ela e a OM. Parece que a briga foi feia, pois abalou a relação dos dois, que já não estava muito boa e finalmente eles se separaram.

Os meses foram passando depois da separação dele e da OM.... ele frequentando a casa dela.... vendo novamente a mãe dela....

Eles voltaram a ser família novamente.

Ela me contou que Deus restaurou de uma tal forma, que a mãe é uma outra pessoa, mais segura, feliz e confiante. Não só aceitou o pai de volta como colocou um amor enorme no coração dela pelos filhos dele...

Hoje ela não tem ciúme, medo, insegurança. Diz que a batalha não é dela é sim do Senhor.

A mãe dela ama as crianças, é uma festa quando eles ficam com eles, mas a OM dificuta deixar as crianças com o pai e ele já entrou na justiça para poder ver os filhos.

Ela me deu o telefone da mãe dela para eu conversar diretamente com ela para saber mais detalhe, mas ainda não tive oportunidade de marcar nada.

Quando estou mal, lembro dessa história e minhas forças voltam, pois temos um PAI que tudo pode!!!!

Minha amiga disse que essa tal "mulher" do pai dela era uma mulher rica e bonita e que aos olhos humanos ninguém poderia imaginar que ele poderia voltar pra a mãe dela e amá-la e fazê-la tão feliz como eles estão sendo hoje.

Os planos de Deus nunca podem ser frustrados.

Epero que tenha ajudado, pois a mim me deu um novo fôlego.

Ah, na igreja que frequento, teve também um testemunho de casamento restaurado depois que o marido teve um filho com a amante. Ele é um oficial da PM. Mas nesse dia não fui e não sei os detalhes, mas vejo o casal, já de uns quarenta e poucos anos, e a filhinha dele. É a coisa mais linda ver a esposa dele levando a menina para o ministério infantil... parece até a mãe verdadeira...

Amada, fica na paz!!!

E lembre-se:

Essa luta não é nossa e sim do Senhor!!!

Nenhum comentário