Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

O PODER DO MARIDO QUE ORA



O poder e a autoridade

 O poder de um marido que ora não significa obter controle sobre a esposa. Todos nós sabemos que, na verdade, isso não acontece mesmo. Isso porque Deus não deseja que controlemos outras pessoas. Deseja ver-nos deixar que ele nos controle. Quando nos submetemos a Deus e deixamos que ele nos controle, ele trabalha por nosso intermédio. Deus quer trabalhar por seu intermédio como um instrumento do poder dele enquanto você intercede por sua esposa. O poder de sua oração pertence a Deus. Quando você ora por sua esposa, está convidando Deus a exercer seu poder divino sobre a vida dela. Sua oração dá a ela a capacidade de ouvir melhor a voz de Deus e responder à orientação dele. Apesar disso, no entanto, Deus jamais passará por cima da vontade de uma pessoa. Se alguém está determinado a viver fora da vontade de Deus, ele permitirá que a pessoa siga esse caminho. Assim, apesar de suas orações terem o potencial de ser poderosas na vida de sua esposa, há um limite para aquilo que podem realizar se a vontade dela – ou a sua vontade – for contrária à vontade de Deus. “E esta é a confiança que temos para com ele: que, se pedirmos alguma coisa segundo a sua vontade, ele nos ouve” (1Jo 5:14). Deus quer que oremos sobre todas as coisas, mas deseja que o façamos de acordo com a sua vontade. Por isso é importante pedir que Deus lhe revele sua vontade e o ajude a orar de acordo com ela. Uma vez que você vê com os olhos de Deus como deve ser sua oração, é mais fácil orar com fervor e persistência. Assim como não podemos forçar nosso cônjuge a fazer o que desejamos, também não podemos impor sobre Deus a nossa vontade. É a vontade dele que deve ser feita e não a nossa. Sua autoridade espiritual em relação à esposa e à família é inigualável. Pelo fato de sua autoridade espiritual vir de Deus, deve ser usada para aquilo que Deus quer. Deve ser motivada pelo amor divino e tendo em mente a glória de Deus. Toda a autoridade espiritual dada por Deus tem como fundamento uma humildade que deseja servir a Deus mais do que controlar os outros. Deus deseja que você o sirva ao exercer sua autoridade sobre o inimigo. Você recebeu autoridade “sobre todo o poder do inimigo” (Lc 10:19) e, em nome de sua esposa, pode acabar com os planos dele. Se você vir o inimigo infiltrando-se de alguma forma em seu casamento, levante-se e diga com coragem: “Não permitirei que qualquer plano do inimigo prevaleça sobre nosso casamento.” “Não permitirei que o inimigo crie divisão entre nós.” “Não ficarei passivo enquanto vejo minha esposa ser enganada pelas mentiras do inimigo.” “Não permitirei que o inimigo ataque minha esposa de maneira alguma.” “Não permitirei que uma falha na comunicação exerça domínio sobre nosso relacionamento.” “Não permitirei que os erros de nosso passado, nem mesmo os de ontem, controlem nosso futuro.” Então ore, ore, ore. Pois, quando você ora, não há arma forjada contra ela ou você que possa prosperar (Is 54:17). Não deixe seu casamento ao acaso Lembra-se da passagem bíblica que você leu logo no começo do livro? Diz que Deus já lhe concedeu o favor pelo simples fato de você ter uma esposa (Pv 18:22, VR). Há certas bênçãos separadas por Deus especialmente para você pelo fato de ser casado. Isso porque Deus declarou que, aos olhos dele, vocês dois tornaram-se um (Mt 19:4–6). Assim, aquilo que acontece com um afeta o outro. Se ela está feliz, você ficará feliz. Se você é abençoado, ela será abençoada. É claro que o oposto também é verdade. Se ela não está feliz, com certeza você também não pode estar. Os problemas dela são seus problemas, assim como os seus são dela. É por isso que suas orações por ela são tão essenciais. Elas afetarão vocês dois. Aquilo sobre o que você não ora em sua vida, você deixa por conta do acaso. Tratando-se do casamento, isso não é suficiente. O problema de se deixar o casamento ao acaso é que haverá alguns momentos difíceis. Provavelmente haverá desacordos. Provavelmente haverá mal-entendidos e mágoa. Provavelmente haverá egoísmo e dureza de coração. Isso acontece porque, afinal de contas, somos humanos. Contudo, se deixamos o resultado dessas coisas nas mãos do acaso, acabamos nos complicando mais adiante. No entanto, tudo isso pode ser revertido por meio da oração. Se a falta de tempo, o excesso de trabalho, a falta de perdão, as lutas, a criação dos filhos, as carreiras, a diferença de interesses, o tédio ou a má comunicação infiltraram-se entre você e sua esposa, Deus pode agir por intermédio de sua oração a fim de derrubar o muro que separa vocês dois, derreter a armadura de proteção e moldá-los juntos em união. A oração dará a você uma visão de esperança quanto à maneira como Deus pode redimir, restaurar e endireitar as coisas. Orar por sua esposa não vai apenas transformar o coração dela, mas o seu também. De maneira alguma você quer acabar na morte conjugal. O sofrimento e o divórcio jamais têm de ser as duas únicas opções. Não importa o que tenha acontecido entre vocês dois, Deus pode consertar. Ele é o Deus da cura e restauração. Ele está do seu lado. Deu-lhe a autoridade e o poder. Faça bom uso deles. Como realmente amar sua esposa Jesus disse que o maior ato de amor é dar sua vida pelo outro (Jo 15:13). Há muitas formas de dar a vida por sua mulher sem morrer fisicamente. Uma delas é dar sua vida por ela em oração. Significa sacrificar um tempo relativamente curto visando ao bem de sua esposa que, no fim das contas, é seu também. Há muitas coisas que uma mulher deseja ouvir de seu marido. Três das quatro mais importantes provavelmente são: “Eu te amo”, “Você está linda” e “As contas estão pagas”. Sei, porém, que uma coisa que todas as mulheres desejam ouvir, aquilo que vai fazê-la sentirse mais amada do que qualquer outra coisa é “Estou orando por você hoje”. Sempre que uma mulher ouve seu marido dizer que está orando por ela, isso a faz sentirse amada e protegida. Também faz que se sinta importante para ele. Se você quer que Deus transforme o coração de sua esposa, ou conserte as coisas entre vocês dois, ou enriqueça sua vida juntos, ou faça as coisas correrem bem em seu casamento, então ore por ela. Se você quer que sua esposa se atire a seus pés, pergunte: “Como você gostaria que eu orasse por você hoje?” (Por favor, mulheres, não me decepcionem, sei que vocês estão lendo isso.) Certo, talvez seja um pouco de exagero. Mas ainda assim ela vai amá-lo por perguntar. Essas palavras falam para ela do compromisso que você tem com ela e com seu casamento. Claro que, se você disser que está orando por ela, mas na verdade não o faz, eu, se fosse você, não arriscaria a cabeça. E se ela não for cristã? A maior parte das mulheres tem uma percepção de seu lado espiritual – mesmo aquelas que não professam uma religião e não afirmam ser parte de um sistema de crenças organizado. Elas têm consciência de que existe um modo de vida que funciona e de que ele está envolto em espiritualidade. A oração toca o coração de qualquer pessoa pela qual oramos. Se sua esposa não conhece ao Senhor, ainda assim você pode fazer todas as orações deste livro por ela e esperar as respostas. A Bíblia diz que “a esposa incrédula é santificada no convívio do marido crente” (1Co 7:14). Você oferece uma proteção a ela. Claro que isso não substitui a experiência pessoal dela com o Senhor, mas significa que suas orações têm um efeito positivo e poderoso sobre ela. Toda vez que for orar por ela, lembre-se de pedir a Deus que abra seu coração para a verdade divina e que ela possa vir a ter um encontro transformador com Deus. 

O que cada capítulo contém Cada um dos vinte capítulos deste livro concentra-se em uma área de oração de uma forma que, espero, seja esclarecedora, animadora e motivadora para você. Compartilharei com você o que aprendi com a experiência e o que Deus me ensinou. No final de cada capítulo, você encontrará as seguintes seções: 1. Ela diz É o resultado de uma pesquisa pessoal que conduzi com centenas de mulheres por todos os Estados Unidos. Perguntei-lhes como desejavam que seus maridos orassem por elas. O impressionante é que os resultados foram iguais em todas as cidades e Estados pelos quais viajei! 2. Ele diz É o que vários maridos disseram sobre como oram por suas esposas e sobre as respostas de oração que obtiveram. Suas palavras me encorajaram, divertiram, emocionaram e esclareceram e sei que farão o mesmo por você. 3. O poder da oração Trata-se de uma sugestão de oração sobre o assunto do capítulo. Você pode fazer essa oração da forma como está escrita ou incluir qualquer coisa pessoal que deseje. Apresentei-a como um guia. 4. Ferramentas que funcionam Esta página contém versículos da Bíblia que apoiam aquela área da oração e que serão de ajuda para que você ore com maior profundidade sobre o assunto. Você pode lê-los em voz alta como uma declaração da verdade sobre sua realidade ou pode dizê-los em forma de oração por sua mulher. Uma oração de cada vez Não se assuste com as muitas maneiras de orar por sua esposa. Simplesmente veja uma por dia e faça uma oração de cada vez. Você pode orar usando um capítulo diferente a cada dia ou concentrar-se em orar usando um capítulo a cada semana. Não estou dizendo o quanto você deve orar, mas a Bíblia diz que “Aquele que semeia pouco, pouco também ceifará; e o que semeia com fartura com abundância também ceifará” (2Co 9:6). Quanto mais você orar, mais benefícios colherá. Se você deseja dar espaço para que Deus traga, sem demora, mudanças em sua esposa, você e seu casamento, procure orar usando um capítulo a cada dia durante várias semanas. Veja se algo de bom não começa a acontecer em seu coração e no dela. Já me perguntaram, algumas vezes: “Funciona mesmo fazer uma oração que foi escrita por outra pessoa? A fim de orarmos verdadeiramente do fundo do coração, não devemos fazê- lo com nossas próprias palavras?” Minha resposta é: “Funciona cantar palavras de louvor que foram escritas por outra pessoa?” Creio que sim. É bom inventar seu próprio cântico de louvor e Deus se agrada disso; contudo, o mais importante é o cântico ou a oração expressar o que se encontra em seu coração. Trata-se de uma oração que você faria se você tivesse pensado nela? Você acredita que é uma oração a que Deus pode responder? Se as respostas a qualquer uma dessas perguntas é sim, então aquela oração tem poder. Não importa quem pensou nela primeiro. Com frequência, quando oramos por nosso cônjuge, pedimos pelas necessidades mais urgentes – o que é certo –, mas deixamos de fazer as “orações de manutenção”. Se você tem uma esposa de personalidade complexa, certamente não vai querer deixar essas orações de fora. Elas afastam os problemas antes que aconteçam. Apagam pequenos incêndios antes que se transformem em chamas gigantescas. Se você fizer todas essas orações por sua esposa algumas vezes por ano, manterá seu casamento saudável e desfrutará a companhia de uma esposa feliz e realizada. Elas vão lembrá-lo de orar de maneira que talvez você não tenha tido tempo de pensar. Quer você faça as orações que sugeri, quer use as suas, o importante é você continuar orando e não desistir. Às vezes as orações são respondidas rapidamente, mas muitas vezes não. Jesus disse que o homem deve “orar sempre e nunca esmorecer” (Lc 18:1). Continue orando e verá Deus respondendo. Não se preocupe, ainda, com a forma pela qual as respostas serão manifestas. Você não tem de concretizá-las. Seu trabalho é orar. O trabalho de Deus é responder. Confie em Deus, e ele fará a parte dele.

Nenhum comentário